__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(254, 87, 37)","hsl":{"h":13,"s":0.99,"l":0.57}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Learn Trading

Suporte e Resistência IQ Option

Lucas Goncalves

As linhas de suporte e resistência consistem em uma análise técnica que tem sido uma boa aliada dos traders de todo o mundo

Desde 2013 atuando no mercado financeiro, atualmente a IQ Option é uma das corretoras de opções binárias mais usadas do mundo, com mais de 48 milhões de investidores negociando em sua plataforma de operações.

Para investir na IQ Option, o trader indica se o preço do ativo vai subir ou cair em um determinado período de tempo e caso a sua previsão esteja correta, recebe um lucro de até 95% em cada transação. A porcentagem do lucro varia de acordo com o ativo, mas o investidor consegue saber quanto vai receber em uma operação lucrativa antes mesmo de dar início à transação.

Ao contrário do que muitos pensam, operar opções binárias não é sobre sorte, e sim sobre o uso de recursos e ferramentas de análise gráfica para reconhecer as tendências e os sinais de valorização ou desvalorização dos ativos.

São centenas de estratégias desenvolvidas por traders experientes, e no artigo de hoje iremos falar sobre um método que tem sido muito usado: Suporte e Resistência. Descubra como essa estratégia funciona e quais são as possibilidades para que você a aplique em suas negociações de opções binárias na IQ Option. Confira!

O que é o método de Suporte e Resistência?

A estratégia de suporte e resistência consiste em 2 linhas (ou mais) que o trader aplica no gráfico para usar como um guia e saber quando o preço do ativo atinge um ponto ideal para identificarmos o sinal de valorização ou desvalorização do mesmo.  

Nesse modelo de investimento, o foco é no comportamento do preço em situações parecidas no passado. Ao traçar as linhas no gráfico, os investidores fazem uma média dos preços máximos e mínimos durante o período de tempo atual (como mês passado, por exemplo) para avaliar os eventos que aconteceram durante esse período ou até mesmo que poderão acontecer no futuro.

Para que os resultados sejam mais precisos, é essencial que além de entender como criar as linhas de suporte e resistência, o investidor esteja monitorando as notícias relacionadas ao ativo para que não seja surpreendido com rupturas inesperadas.

Como funciona?

Esse método pode ser usado em vários tipos de gráficos, mas a opção mais recomendada é o modelo de candlesticks. Dentre as opções de exibição do gráfico de linha, velas, barras ou Heikin-Ashi, os candles (também conhecidos como velas) são os mais precisos, já que em uma única coluna podemos encontrar várias características que o ativo apresentou em determinado período de tempo.

Em um único candle, podemos saber o preço inicial e final do ativo e os pontos altos e baixos que o ativo foi negociado em um período de tempo específico. Quando o preço final é maior do que o inicial, teremos um candle verde, e se o preço final for menor o candle será vermelho. Alguns traders usam apenas os candles como indicativo de tendências, já que a cor e o tamanho de cada coluna nos passam uma série de informações úteis sobre aquele ativo.

No exemplo abaixo, nós aplicamos 2 linhas azuis no gráfico para marcar as linhas de suporte e resistência. Nesse caso, nós aplicamos as linhas nos pavios (linha que fica acima ou abaixo do corpo da vela) dos candles para obter um resultado mais preciso.

Como em qualquer gráfico, quanto maior o tempo, mais precisas serão as informações.

Observe que a linha de baixo é o nível de suporte, enquanto linha de cima é o nível de resistência.

O investidor seleciona a linha horizontal em ‘’ferramentas gráficas’’, e procura velas com pavios longos para aplicar a ferramenta nos picos de alta ou baixa atingidos pelo preço.

Se você tiver dúvidas sobre onde encontrar a ferramenta, veja a imagem abaixo. Os recursos do gráfico estão localizados no canto inferior esquerdo da tela.

Os extremos locais dos preços do ativo são a base da negociação, já que a lei do mercado financeiro pode ser refletida aqui, com base na oferta e demanda dos compradores de determinados ativos.

É extremamente importante que você acompanhe as notícias do mercado financeiro, ou pelo menos as notícias relacionadas ao ativo que você for operar. Dessa forma você não será surpreendido por fatores externos que podem influenciar a bolsa de valores.

Existem diversas estratégias que podem ser usadas com essas linhas, tanto para os retornos do preço após atingir o nível acima ou abaixo do gráfico, ou quando o preço cruza essas linhas.

Retorno do preço

Chamamos de canal de preço quando as velas se aproximam dos níveis que já foram alcançados no passado, indicando que poderá retornar novamente. 

Uma estratégia bastante popular é: Quando o preço atinge o nível superior ou inferior, os traders entendem como um sinal de que esse retorno pode ser uma oportunidade de entrada

A linha de cima representa a resistência, enquanto a linha de baixo simboliza o suporte

Além das 2 linhas horizontais, podemos observar que alguns traders aplicam linhas de tendência, que são inclinadas e vão indicar a direção do movimento do preço daquele ativo. Para aplicar essa ferramenta os investidores acompanham os locais onde a tendência foi extremamente baixa ou alta.  

É considerado um sinal se o preço avançar ou retroceder e acabar encostando / cruzando a linha de tendência com a linha horizontal (suporte ou resistência). 

Em alguns casos, o preço se movimenta com maior intensidade e acaba rompendo o nível de suporte ou resistência, e quando isso acontece, os traders se baseiam em uma estratégia onde a ruptura dos níveis das linhas indica uma boa tendência.

Ruptura do preço

Quando as velas cruzam a linha superior ou inferior do gráfico, os investidores aproveitam o sinal de forte tendência. Essa técnica é um pouco mais difícil de executar, pois o trader terá que observar o mercado de forma constante para não perder os pontos de entrada. 

Quando as velas cruzam essas linhas, o trader aguarda pelo retrocesso dos níveis do preço para fazer uma entrada. 

Em alguns casos, podem acontecer as falsas rupturas, onde o preço rompe a linha e acaba voltando atrás na direção oposta. Caso isso aconteça, o ideal é aguardar o fechamento da próxima vela e continuar a análise do mercado. 

Na maioria das vezes, essa inconstância acontece por causa da instabilidade do mercado, que pode ser influenciado por notícias importantes, eventos ou quaisquer acontecimentos que afetem o ativo específico ou até mesmo o mercado financeiro. 


About Lucas Goncalves

Morbi efficitur vestibulum interdum. Aliquam at tristique sem. Nunc pretium nunc ut odio sagittis, consequat feugiat urna aliquam. Nulla vehicula sem vitae eratt.